amizades são tão importantes na infância amizades são tão importantes na infância

Entenda por que as amizades são tão importantes na infância

4 minutos para ler
Powered by Rock Convert

A amizade na infância funciona de uma forma totalmente diferente das relações cultivadas entre os adultos. Quando socializa entre amigos, a criança está estimulando o desenvolvimento social e características como autonomia e altruísmo.

Um dos ambientes mais propícios para que isso aconteça é a escola, um dos espaços em que começa a nossa construção como indivíduo capaz de conviver em sociedade. Continue a leitura e descubra mais sobre a importância dos relacionamentos nessa fase!

A importância da amizade na infância

A amizade na infância é elemento fundamental para o desenvolvimento humano. Quando estão sob a supervisão de um adulto, as ações das crianças costumam ser facilitadas e monitoradas. Com os amigos, esse limite não existe.

Ao socializar, a criança aprende importantes valores — como a partilha, ao dividir os seus brinquedos — e até mesmo tem uma compreensão mais aprofundada sobre si mesma como indivíduo, ainda que de forma inconsciente.

Os relacionamentos na escolinha

A escola tem um papel muito importante nesse processo. Ao frequentá-la — seja no berçário, seja maiorzinha —, a criança começa a desenvolver suas próprias amizades e vivenciar de forma mais aprofundada as questões apontadas no tópico anterior.

Tudo isso é de extrema importância até mesmo para o desenvolvimento cognitivo. Por exemplo, não é incomum que as crianças comecem a falar ao iniciarem as atividades escolares. Assim, relacionar-se com amigos da mesma faixa etária, trocando informações e experiências, é extremamente benéfico para que os pequenos possam evoluir.

Como estimular o filho a fazer amigos

Separamos 3 valiosas dicas para você estimular o seu filho a fazer novas amizades

1. Oferecer oportunidades para se conhecer melhor

Sugira a seu filho convidar os amigos da escola para brincar em casa. A brincadeira é um dos elementos que contribuem para o desenvolvimento social de uma criança.

Inscrever a criança em atividades extracurriculares também é uma ótima medida para aumentar a rede de relacionamento.

2. Ser o exemplo para as crianças

Crianças são como um espelho e uma esponja: absorvem tudo ao seu redor e aprendem por observação. Sempre que estão sob a supervisão de um adulto, elas estão observando seu modo de agir.

Ao ver como os responsáveis se comportam em situações sociais, a tendência é que repliquem esse comportamento. Isso significa que pais que dificilmente se relacionam com outros adultos possivelmente terão filhos mais resistentes a fazer amizades.

3. Encorajar a criança a vencer as dificuldades

Fazer amizades na infância pode ser uma dura missão, principalmente para quem é mais tímido. Jamais menospreze os sentimentos da criança se ela não for tão extrovertida quanto você acha que deveria ser.

Seja o apoio necessário para que ela possa vencer a timidez, mostrando que você sempre estará por perto caso não se sinta à vontade para interagir com as outras crianças do ambiente. Conte como se aproximava dos outros quando tinha a idade dela, como forma de encorajá-la a vencer os seus limites e fazer novas amizades.

Lembre-se de que a criança é um indivíduo em formação. Fazer amizade na infância é algo que pode ser estimulado, mas nunca forçado. Crie oportunidades para que seu filho faça novos amigos, mas jamais imponha como uma obrigação.

Nossas dicas foram úteis para você? Quer ter acesso a mais conteúdos relacionados à vida escolar da criança? Assine a nossa newsletter e fique por dentro das atualizações!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe uma resposta